quinta-feira, 10 de março de 2016

Parque da Mônica e Kidzania em São Paulo

No post com a blogagem coletiva sobre os Top 5 destinos nacionais com crianças, nós trouxemos um pequeno texto da amiga Vanessa Martins sobre o Parque da Mônica e o Kidzania, sem São Paulo.

Você confere agora um relato completo da Vanessa sobre estes espaços interessantes para entreter os pequenos em Sampa!


Parque da Mônica

Os anos de 2014 e 2015 foram de movimentação para os parques infantis em São Paulo. No início de 2014, o Parque da Xuxa fechou as portas por conta de novos projetos da Rainha dos Baixinhos. E em junho de 2015 foi reaberto. Porém, não mais como Parque da Xuxa e sim como Parque da Mônica. Já não era sem tempo, pois os fãs da turminha do Maurício de Souza estavam carentes há um tempão desde que seu parque encerrou as atividades no Shopping Eldorado.


E como ficou o novo parque? Bem, mantiveram grandes estruturas como as do Splash. Não tem jeito. Depois do Playcenter, difícil esquecer o nome.

Além deste, também continuam a montanha-russa, carrossel, o palco, carrinho de bate-bate e a lanchonete. Porém, a identidade visual é completamente diferente. E tem como não ser?
Já na entrada os bonecos gigantes da Mônica e Cebolinha encantam adultos e crianças. E dentro do parque a primeira coisa que vemos é a linda estátua de bronze do Maurício com o Bidu. Já logo vejo os críticos dizendo que está imitando a Disney, mas eu não vejo assim. Eu vejo como admiração. Afinal, Disney é Disney. Quem não é fã?



No restante do parque, é como estar nas páginas dos gibis lá no Bairro do Limoeiro. Na Casa da Mônica, na Cozinha da Magali ou no Quarto do Cebolinha, com todas suas anotações de planos infalíveis para roubar o Sansão. Tudo é lindo, bem feito, impecável.


Quando fomos, por ser feriado, a programação era especial e durante todo o dia havia Meet & Greet (encontro) com os personagens para tirar foto. Em cada área, ficava uma dupla diferente. O legal é que havia um fotógrafo profissional para quem quisesse comprar a foto depois, mas era permitido fotografar com máquinas particulares e celulares.




Tiramos foto com a Mônica e o Cebolinha na casa dela e decidimos comprar a foto – precinho salgado de R$30,00 -, mesmo deixando a desejar no tratamento da imagem. Não precisava de Photoshop mas uma correção de brilho, luz e cor cairia muito bem, obrigada.


Também vimos o show especial no palco com os personagens, que trouxe lágrimas aos olhos. Quem não se lembra da infância com a turminha?



Deixo um destaque especial para o salão de beleza que prepara príncipes e princesas (outra referência à Disney aqui) e a Ce-Bolinhas, uma área de arremesso de bolinhas com canhão.

No restante, brinquedos legais, mas que fazem mais a cabeça e diversão de crianças menores. Recomendo para os pequenos de até 5 anos. Há muito mais opções para eles. A minha mocinha, então com 7 anos, já nem quis se aventurar em vários brinquedos. Queria mesmo era repetir a montanha-russa o dia todo.


O que melhorou?  Definitivamente o ar-condicionado. E a loja de produtos oficiais na saída do parque.

E o que continua na mesma, ou seja, não muito bom? Ter apenas uma opção de lanchonete lá dentro é de doer a alma. E é um McDonalds. Nada contra quem gosta. Só não é uma opção saudável para o público-alvo.

E se não quiser lanche? Não tem para onde correr. No restante do parque só tem cachorro-quente, pastel, lanche natural, sorvete e doces. Bom, pelo menos tem uma barraquinha de frutas picadas, no palito ou no potinho. Fora isso, só saindo do parque e indo comer no shopping. Não sem antes carimbar a mão e justificar sua saída.

O preço do ingresso também dói no bolso: R$ 139. Mas há combos disponíveis no site. E também meia entrada para crianças de 2 a 12 anos com a apresentação do RG. A partir de 13 anos, há meia com carteira de estudante. Mais informações no site.

Meu veredito: o parque é lindo demais para as crianças pequenas. Vale a pena ir, pelo menos uma vez na vida!



Kidzania


Ainda em 2014, foi aberto o parque Kidzania em São Paulo, dentro do Shopping Eldorado, onde no passado funcionava o Parque da Mônica.

Kidzania é uma franquia presente em vários países do mundo e é de deixar as crianças (e pais!) pirados.  É uma cidade miniatura, com estabelecimentos comerciais de todos os tipos onde as crianças podem experimentar a realidade das profissões, de trabalhar e ganhar um salário e de pagar pelas suas despesas.

A entrada já é um balcão de check-in da TAM. Os pais e pequenos recebem pulseiras de segurança e um cheque de 50 kidzos (a moeda local). Entrando, a primeira atividade deles é ir ao banco, enfrentar fila e trocar o cheque no caixa. Lá, assim como em qualquer outro estabelecimento, pais ficam do lado de fora, olhando pelo vidro e passando vontade, querendo brincar também.



Além do banco, há uma infinidade de outras coisas para fazer, agradando a gregos e troianos. Há Corpo de Bombeiros, Teatro Municipal, Hospital com Centro Cirúrgico, Berçário e Emergência com Ambulância, Pizzaria, Escola de Culinária, Escola de Aviação, Fábricas de Balas, Suco, Catchup e Chocolate, Delegacia, Salão de Beleza, UNICEF, joalheria, etc.
 
 





 

Certamente esqueci algum. Um dia só é pouco e não dá para ir a todos os estabelecimentos.  Nas férias de julho, fica aberto o dia todo, mas normalmente o parque funciona em dois períodos de 6 horas por dia.

É realmente uma grande sacada este parque. E educativo. Nada como aprender um pouco da realidade brincando. O que a minha pequena mais gostou? De fazer pizza na 1900 Pizzaria e de aprender sobre anatomia no Centro Cirúrgico do Hospital.


Sim, havia um paciente de borracha e sim, o abriam e mexiam em seu pulmão, fígado, coração. Bem real. Mas vale avaliar a resistência de seu filho, pois vimos uma garotinha de 5 anos passar mal e sair quase desmaiada para a emergência do parque.

Outras atividades bem legais foram os bombeiros apagando o incêndio de um hotel, fotógrafos aprendizes com máquinas Nikon registrando imagens do parque e a ambulância rodando pela cidade para chegar logo ao hospital. Com muita atenção para não ultrapassar os faróis vermelhos e nem invadir as faixas de pedestres.



 



O ingresso custa R$ 99,90 para crianças (4 a 14 anos) e R$ 50 para adultos, de segunda a sexta-feira. No fim de semana, sobe para 120,00 para crianças e adultos permanecem com o mesmo valor.

Se você tem a partir de 14 anos, não brinca mais. Entra como adulto acompanhante, pagando R$50,00 para passar vontade...

O ingresso infantil dá direito aos 50 kidzos para a criança brincar lá dentro e o bom é que, caso sobre uns trocos no final do dia, dá para usar numa próxima visita ao parque.  Compre seu ingresso com antecedência pelo site do Kidzania.

Não corra o risco de chegar na porta e não entrar porque a lotação máxima foi atingida. E acreditem, não é fácil consolar uma criança chorando na porta, sem poder entrar, depois de contar os dias para o passeio. Não queiram passar por isso, é de doer o coração. Lição aprendida.


Para refeições, há duas opções – Pizzaria ou Burger King. E tudo os olhos da cara.

Veredito -  o passeio é incrível, nota 10 e recomendo muitíssimo, mas vá com seu bolso preparado. E os pés e pernocas também. Porque haja fila...




Planejando suas férias? 

Reserve sua viagem com a gente e pague TUDO em até 10 vezes sem juros. Acesse o formulário de contato do blog ou envie e-mail a paraadisney@gmail.com.


Se preferir fazer sua reserva por conta própria, acesse o Booking.com clicando no link abaixo! Nós receberemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso, e estará ajudando a manter o blog!


Procurando passagem aérea mais barata? Entre no Voopter clicando no link abaixo! Ele pesquisa as principais companhias aéreas para que você possa comprar sua passagem com o melhor preço! Nós receberemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso, e estará ajudando a manter o blog!


Pensando em alugar um carro? Reserve pela Rentalcars clicando no link abaixo. A Rentalcars pesquisa os melhores preços nas melhores operadoras. Alugando por aqui nós recebemos uma comissão mas você não paga nada a mais por isso e estará ajudando a manter o blog.


Compre seus ingressos para as atrações e parques com a gente! Você paga parcelado em reais e já sai do Brasil com os ingressos em mãos, evitando assim as filas das bilheterias. Solicite uma cotação!

Para entender os diferentes tipos de ingressos para os parques de Orlando, veja este post


Nenhum comentário:

Postar um comentário