26 julho 2018

“Férias Spetakulares” no renascimento do Hopi Hari


Neste mês de julho, o grupo de blogs experts em viagens com filhos teve o prazer de ser convidado pela direção do Hopi Hari a visitar o parque temático, localizado em Vinhedo (SP), para participar das “Férias Spetakulares – Wild West Spetakular”. O evento marca a revitalização da área Wild West, com novas atrações, novos espetáculos e um arraial. Ainda dá tempo de curtir a programação de férias, que vai até 29/7.

Escolhemos a data de 20 de julho, sexta-feira, para reencontrar as emoções vividas lá no ano de 2011, última vez que estivemos no Hopi Hari. Contando as visitas dos membros da família, juntos ou separados, já fomos um total de quatro vezes ao parque.


Desde o ano passado, queríamos muito voltar para conferir a nova fase do Hopi Hari. Foi muito triste vê-lo passar por vários problemas nos últimos anos, motivados em boa parte pela repercussão de uma tragédia: a morte de uma estudante de 14 anos, em 2012, no brinquedo La Tour Eiffel.

Em 12 de maio de 2017, uma nota assinada pela antiga direção anunciava “uma breve pausa para respirar e voltar à luta”, e reconhecia que a situação do parque envolvia  “dívidas, pouco público, atrações paradas, plano de recuperação judicial em aprovação e uma longa fila de problemas herdados de administrações anteriores”.

Foi então com muita satisfação, e esperança, que vimos a surpreendente volta do Hopi Hari, já em agosto do mesmo ano, com uma nova administração. Tendo José David Xavier como presidente, o parque tem buscado se reestruturar, com objetivo de resgatar o slogan de “País Mais Divertido do Mundo” e trazer a memória afetiva de mais de 25 milhões que já passaram pelo Hopi Hari.


Uma boa iniciativa também é o limite de visitantes para evitar filas. E esta seção do site aponta todas as medidas de segurança em vigência. 

O foco nos eventos especiais ajuda a movimentar positivamente o parque. Nesses 11 meses após a reabertura, já foram realizados eventos como Giranda La Fiesta, Celebration Party: 18 anos, Natal Mágiko, Férias com os Looney Tunes, Hopi Night, Férias Spetakulares e, a partir do mês que vem, a maior e melhor edição da Hora do Horror.


Já foi aventada até a possibilidade de construção de um complexo hoteleiro no entorno, não confirmada pela assessoria de imprensa do Hopi Hari. O parque já conta com 95% das atrações em funcionamento e procura atingir 100% em breve.

Nem tudo funcionou durante o dia inteiro. Por exemplo, de manhã a Katapul estava parada e, de tarde, não conseguimos repetir a Bat-Hatari. Mas, com exceção do Ekatomb, fechado no único momento em que passamos por ele, não deixamos de experimentar nenhuma outra atração mais importante por falta de funcionamento.

As áreas

Veja neste link o mapa do parque. 

O Hopi Hari possui cinco regiões temáticas (Kaminda Mundi, Infantasia – Looney Tunes, Aribabiba – Liga da Justiça, Wild West e Mistieri) distribuídas em 760 mil m². grandes montanhas-russas, simuladores e lojas. O parque oferece mais de 35 atrações para todas as idades, mais de 16 pontos de alimentos e bebidas, bebedores, enfermaria, sanitários, fraldários, área específica para amamentação e estacionamento para 5 mil veículos.

Wild West

A região de Wild West, inspirada no velho oeste americano, foi completamente revitalizada para as Férias Spetakulares, ganhando novos elementos temáticos e cores.

A história conta que a região surgiu após acharem uma pepita de ouro no Rio Bravo (atração das corredeiras).

A notícia se espalhou rapidamente nos Estados Unidos, no “verdadeiro” Oeste Americano, e logo seu povo imigrou para Wild West e começou a corrida do ouro. Com a junção das nacionalidades, a nova população até criou um idioma novo, o “gringo”, uma mistura de inglês com hopês (idioma do Hopi Hari).


Novos espetáculos

Para comemorar a revitalização da região, o novo Wild West é palco de dois novos shows: “Wild West Spetakular” e “Há-Habitaris Show di Oeste”. 

Em “Wild West Spetakular”, vemos um grande show de rua ao vivo com cerca de 30 minutos recheado de danças country e personagens icônicos do velho oeste. O espetáculo conta a história de Joe Sacramento, um antigo garimpeiro que saiu para trazer de volta o ouro que foi retirado do povo de Wild West. Só que ele não contava que essa aventura chamaria a atenção de um bandido que está tentando se passar por ele. Até tudo ser desvendado, há uma grande e divertida confusão.



Adoramos este show porque, além de muito bem ensaiado, ele deixa uma bela mensagem final de união e orgulho pela revitalização da cidade de Wild West, servindo como uma metáfora para revitalização do próprio Hopi Hari.








O “Há-Há-Habitaris Show di Oeste” traz uma nova roupagem para o já tradicional “Há-Há-Habitaris” que é normalmente apresentado no Theatro di Kaminda. Nesta versão, montada em uma nova arena em Wild West, o público é convidado a participar. Foi justamente o que aconteceu comigo!

Me candidatei e acabei interpretando um “saguaro”. Não sabe o que é? Pois é! Nem nós sabíamos. Esse nome faz parte da brincadeira de deixar os convidados “em maus lençóis”. Pois trata-se de um tipo de cactos!






r

A pagação de mico compensou, pois cada participante do espetáculo ganha um passaporte cortesia para voltar ao parque! A melhor interpretação, eleita pelo público, ganha dois passaportes e quem ganhou foi o rapaz que interpretou uma galinha! 

Completando a grade de atrações das Férias Spetakulares, durante o horário de almoço também é apresentado o espetáculo “O Forasteiro”, no Saloon Show. Nós optamos por lanchar em outro lugar, mas pelo que o Vem Pro Parque já relatou, no local, pode-se pedir pratos à lá carte e assistir a esse show. É preciso chegar cedo pois lugares são limitados.

Nós comemos deliciosos hambúrgueres na área da Liga da Justiça!



Novas atrações 

Durante as férias também é possível se divertir em duas novas atrações que estão de volta ao Hopi Hari. 

A primeira delas é o “Bravo Bull”, onde os visitantes podem desafiar um touro mecânico que nem sempre é bonzinho. Já a segunda é o “Ghosti Hotel”, o “hotel mais mal-assombrado do oeste”. Trata-se da antiga atração “West River”, agora revitalizada.

Os visitantes embarcam em um carrinho sem saber o que vem pela frente e várias cenas bizarras aparecem nesta versão atualizada do famoso “trem-fantasma”. Mas cuidado pois alguns atores estão no meio do cenário para lhe dar sustos!

Além das novas atrações, Wild West também oferece atrações como as corredeiras do Rio Bravo (molham bastante! Melhor separar uma muda de roupa para trocar e ir sem tênis), Spleshi (outra que molha!) e Evolution (gondôlas suspensas em um eixo e que dão giros de 360 graus).

A atração La Mina Del Joe Sacramento ajuda a entender a história do personagem e nela vivenciamos alguns sustos e efeitos especiais, como um elevador que desce sem parar. Também em Wild West é possível brincar em Namuskita, barracas de tiro ao alvo, e passear na Tirolesa. A área ganhou também um belo moinho.

"Arraial mais divertido do oeste"

Para completar a programação, no final do dia, a área temática recebe um arraial, com um pocket-show sertanejo, e comidas típicas de festa junina. Esse momento é bom também para tirar fotos com os personagens da área.





Kaminda Mundi

A área de entrada do parque representam as principais casas construídas no país do Hopi Hari. A região seria uma homenagem do povo aos seus antepassados e suar origens. Com prédios trazendo influências da arquitetura francesa, alemã, italiana, portuguesa e holandesa. 

A atração principal é a bonita roda-gigante Giranda Mundi, de onde conseguimos ver o parque todo.




Também é aqui a antiga atração da Tour Eiffel, onde hoje em sua base há um palco que é usado para um show de recepção dos visitantes e tem um telão que exibe vídeos sobre o parque. Uma caixa de som potente toca música dance o dia inteiro.

É uma boa maneira de dar alegria a uma atração que tem um triste passado. Aventa-se a possibilidade de La Tour Eiffel sofrer uma grande reforma, e até mudar de nome, para voltar a funcionar e fazer jus à fama de atração mais concorrida do parque. (A assessoria de imprensa do Hopi Hari informou, após o post publicado, que "La Tour Eiffel tem previsão de retorno até o final do ano e o nome continuará o mesmo").

Infantasia 

Mais famosa por ser a área de Pernalonga e sua Turma, o Looney Tunes.

É onde os tikitos, como são chamadas as crianças de Hopi Hari, mais se divertem. É tão dedicada aos tikitos que nossa filha de onze anos foi “barrada” no Dispenkito por estar acima da altura (é um “mini-elevador” que cai) e teve outras também que ela nem se interessou. Mas é uma área linda e divertida.

É ambientada como se fosse um grande estúdio de filmagens do "The Looney Tunes Show". Há também um show com os personagens no teatro Klapi Klapi, mas infelizmente chegamos atrasados à sessão e não pudemos entrar para conferir.

Aqui você encontra o Kastel di Lendas, uma viagem pelas lendas brasileiras, com bonecos e música representando as atrações típicas de cada estado.



O Giranda di Musik é o carrossel da área. O Lokolorê, reprisa a famosa atração de xícaras, mas aqui com latas de tintas que o Taz faz uma bagunça!



Mistieri

Maior e mais emocionante área do parque. Retrata um sítio arqueológico, que teria aparecido no meio das escavações de Hopi Hari. São pirâmides, tumbas e catacumbas perdidas.

Nela estão a atrações radicais como a Montezum, apontada como a quinta maior montanha-russa de madeira do mundo, e o Vulaviking, um barco que dá muito frio na barriga! Eu fujo de barcos vikings e a Isabel até queria ir, mas quando ela teve oportunidade, a atração estava fechada.

Já a Montezum é enorme, linda, e tem um traçado muito bom. No entanto, trepida e chacoalha em demasia. Na nossa opinião, acaba não sendo uma experiência prazerosa. Não é porque é uma atração de maneira e rústica que precisa ser tão violenta. Não fosse assim, seria perfeita.



Uma boa surpresa foi que agora a Katakumb, assim como outras atrações, não é mais paga à parte e está inclusa no valor do passaporte! Eu me lembro de ter me divertido muito lá em outras vezes que visitei o parque. Adoro essas atrações de terror!

A atração representa o misterioso templo egípicio de Ramsés II. Você vai andando por dentro de vários cômodos, com muitos sustos e cenários assustadores. Confesso que, dessa vez, achei meio bobo para os meus padrões de terror e tinha uma lembrança mais forte dessa atração. Mas continua divertida!

Também aqui está outra ótima atração, a montanha-russa indoor Vurang. Supostamente ela fica no escuro, mas se você for durante o dia, que foi o nosso caso nessa visita, consegue ver todos os trilhos e perde um pouco da graça. (A assessoria de imprensa do Hopi Hari informou, após o post publicado, que "a Vurang voltará a ser completamente escura até o final ano").


Mas o percurso dela é ótimo, assim como o seu tipo de carrinho, que gira no próprio eixo e você nunca sabe de que lado estará. Tentamos voltar nela de noite após o show de encerramento na Wild West, mas o acesso já estava fechado.

Aqui também existe o simulador Simulákron, representando uma expedição em um templo maia, mas não conseguimos separar tempo para ir. 

Aribabiba / Liga da Justiça

A história conta que os heróis da Liga da Justiça travam uma grande batalha com os mais temidos vilões que querem acabar com a fonte da alegria de Hopi Hari, em Aribabiba.


Uma representação bem legal do Palácio da Justiça na verdade é um restaurante, que foi onde almoçamos. Há opções de hambúrgueres e massas. Também lá existe uma lojinha e uma exposição de trajes dos heróis da D.C. Comics.

A área tem uma decoração bem divertida!





Esse chafariz logo na entrada faz muito sucesso entre os pequenos!



Aqui tem atrações muito legais também. A Katapul é a montanha-russa do Superman, que traz o símbolo do herói estampado. Ela consiste basicamente em um looping, e o carrinho sobe de frente numa super velocidade, e depois repete o looping de costas. 

Uma montanha-russa mais familiar é a Bat-Hatari, onde a bordo do batmóvel fazemos um percurso alucinante e bem divertido. Essa foi a atração do parque unânime entre a família, agradou bastante a todos.



Trukes de Pinguim segue a estrutura do tradicional “chapéu mexicano”, que só a Isabel e Cleo têm coragem de encarar. Mas mesmo elas acharam o brinquedo um pouco mais radical, por exemplo, que o Silly Symphony Swings, do Disney´s California Adventure (Anaheim - CA).

A sensação de estar girando junto com o carrinho durante o "voo" desagradou um pouco a Isabel. Caso você esteja mais acostumado a este tipo de atração, a assessoria de imprensa do Hopi Hari garantiu que ela está operando em sua normalidade conforme todas as normas de segurança.


Outra atração que agrada toda a família é o Dismonti, com seus carrinhos bate-bate. Não tem como não ser divertido, não é mesmo?




O Cinemotion: Lanterna Verde contra Parallax, optamos por não ir, pois já havíamos lido que é um cinema 2D com alguns poucos efeitos e que não compensava.

Eléktron é aquele “braço giratório” com assentos e bem radical. Não fomos não... Hadikali é o salto em que se faz um voo rasante no lago, mas esse nem chegamos perto!

Nossa experiência

Como qualquer visita a parque temático, vale conciliar os gostos entre a família. Cada um tem direito a ir onde quiser, desde que faça um mínimo de planejamento no roteiro. Como a filhota já tem idade para ficar sozinha esperando, pai e mãe foram em algunas atrações sozinhos. Em outros fomos para agradá-la e porque também somos crianças grandes. E assim todos ficam felizes.  

Lemos que era fundamental trocar de roupa para as atrações que molham, como Rio Bravo e Spleshi, mas não foi tão necessário assim. Estava bem quente no dia que fomos e a roupa poderia secar no corpo.



Foi bom poder trocar de roupa e ficar totalmente seco depois, mas perdemos um pouco de tempo indo e vindo do local dos armários (a diária custa R$ 25). Além disso, como nossa filha não usa mais carrinho nos parques, o deslocamento pode ser um pouco mais demorado.


Se desejar adquirir um mapa, ele é cobrado: R$ 1,99. Isso não seria um grande problema se ele não estivesse desatualizado. Nele, consta como funcionando a Tour Eiffel e a atração do Ghosti Hotel ainda está com o nome de West River. Seria muito melhor pagar por um roteiro atualizado e cabe ao Hopi Hari fazer isso imediatamente para causar uma impressão ainda melhor nos novos visitantes. Sentimos falta de mais lojas também. (A assessoria de imprensa do Hopi Hari informou, após o post publicado, que o mapa "já estará atualizado a partir do próximo mês (agosto) no parque. Assim como as lojas estão voltando aos poucos").

Há vários bebedouros pelo parque, a grande maioria com água bem gelada. Isso foi ótimo pois pudemos carregar uma garrafinha e enchê-la diversas vezes durante o dia.

Tivemos um dia muitíssimo agradável no Hopi Hari e estamos muito felizes de ter representado o grupo de blogs experts em viagens com filhos nesse dia. 

Ficamos bem felizes de voltar ao parque com claros sinais de revitalização e a esperança de novos dias para o Hopi Hari!

Queremos fazer um agradecimento especial ao presidente José David Xavier pelo convite, e o apoio e atenção de sua equipe. Agradecemos também à assessoria de imprensa do parque por ter entrado em contato, após o post publicado, e complementado algumas informações.

Obrigado, Hopi Hari! Esperamos voltar em breve!



Serviços 

Férias Spetakulares – Wild West Spetakular 

Onde: Hopi Hari – Rodovia dos Bandeirantes, km 72 / Vinhedo – São Paulo. Localizado a cerca de 15 minutos de Campinas e a meia hora da capital.

Preços durante as férias: Passaportes a partir de R$ 119,90. Crianças até 12 anos não pagam acompanhados de um pagante. Consulte preços e promoções no site, de acordo com a época em que deseja visita-lo.

Onde comprar: Pelo site www.hopihari.com.br, Central de Vendas (11) 4210-4000 ou na bilheteria do parque. 

Estudantes: Alunos com carteirinha de estudante pagam R$ 60,00 somente aos sábados. 

Gratuidade: Crianças com até 1 metro de altura e adultos a partir de 65 anos. 

Estacionamento: R$ 40,00 (carros e vans) e R$ 25,00 (motos).

------------------------------------------------
Gostou do blog e quer saber como retribuir as dicas que a gente dá pra você?
Contrate um de nossos serviços!

Reserve sua viagem com a gente e pague TUDO em até 10 vezes sem juros. Acesse o formulário de contato do blog ou envie e-mail a paraadisney@gmail.com.



Se preferir fazer sua reserva por conta própria, acesse o Booking clicando no link abaixo! Nós receberemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso, e estará ajudando a manter o blog!


Pensando em alugar um carro? Reserve pela Rentalcars clicando no link abaixo. A Rentalcars pesquisa os melhores preços nas melhores operadoras. Alugando por aqui nós recebemos uma comissão mas você não paga nada a mais por isso e estará ajudando a manter o blog.




Compre seus ingressos para as atrações e parques com a gente! Você paga parcelado em reais e já sai do Brasil com os ingressos em mãos, evitando assim as filas das bilheterias. Compre seus ingressos aqui!


Para entender os diferentes tipos de ingressos para os parques de Orlando, veja este post




Um comentário:

  1. Carlos, adorei seu post!!! Foi um dia bem divertido hein? Bjs

    ResponderExcluir

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Digite o que procura no blog e tecle enter