domingo, 8 de maio de 2016

10 lições que minha filha aprendeu viajando

Sentimento comum a muitas pessoas, viajar é o programa em família que mais gostamos de fazer. Além do motivo óbvio da diversão e de sair da rotina, para nós, colocar o pé na estrada (ou sentar no assento do avião!) é uma maneira de mostrar a nossa filha ensinamentos que não seriam possíveis de ser assimilados no dia a dia escolar ou na vivência repetitiva de tarefas escolares e compromissos familiares de fim de semana.

Com motivações semelhantes, várias famílias decidiram contar em uma blogagem coletiva o que seus filhos aprenderam viajando. Convidamos vocês a lerem a nossa experiência e a de cada um desses blogueiros do grupo do Facebook "Viajando em Família" com seus rebentos. E aproveitamos para desejar hoje um feliz Dia das Mães a todas que exercem ou já exerceram essa função primordial de ensinar as crianças a seguir por essa viagem maravilhosa e cheia de emoções que é viver.



O que minha filha aprendeu viajando:




1 - Desenvolver um idioma:

Um efeito prático e imediato de estar em contato com pessoas que falam outro idioma, no caso o inglês, é a facilidade que nossa filha teve em conviver com palavras e expressões que não são de seu dia a dia. Após três viagens aos Estados Unidos, é fácil perceber que a Cleo lida com  naturalidade com expressões e palavras em inglês.

Claro que não há fluência ainda, mas sem dúvida ela foi exposta de maneira muito mais eficaz ao idioma do que apenas frequentando as aulas de inglês básico que tem na escola. Esse contato certamente pode evitar até mesmo que ela precise ingressar em um curso específico de ensino da língua.

De vez em quando, nos Estados Unidos, a Cleo pedia para ensinarmos pequenas frases para quando as pessoas se dirigissem diretamente a ela. Por exemplo: dizer "I don´t speak english" quando lhe perguntassem algo.

Ela até mesmo já decorou a fala de início do espetáculo de fogos "Wishes", realizado todos os dias no Magic Kingdom, em Orlando (Flórida).



2 - Interação com culturas diferentes:

Seja no exterior, ou seja no Brasil, que é um país enorme e com profundas diferenças culturais entre os estados, é preciso se adaptar ao modo de viver de cada povo. Ter educação, mente aberta e humildade para alterar um pouco nosso comportamento de acordo com as circunstâncias.

Foi fácil para a Cleo, por exemplo, entender que "almoço nos Estados Unidos é lanche", em uma tirada que consideramos sensacional da percepção dela de que a alimentação lá realmente não é das mais nutritivas. Ao mesmo tempo, nós tivemos a oportunidade de levá-la a restaurantes bons, que ofereciam pratos tão saborosos e até melhores do que os que encontramos no Brasil.



3 - Redobrar a preocupação em ser educada:

Como qualquer criança, de vez em quando precisamos corrigir comportamentos que não estão adequados. Em viagens, deixamos claro que é fundamental e realmente muito importante que ela fique o tempo todo preocupada em ser o mais educada possível.

Demonstrar respeito, interesse pelas pessoas, saber ouvir, saber obedecer as regras. O que já é de praxe em nosso país precisa estar sempre em mente ao interagir com pessoas de outros locais. Nossa educação é a melhor impressão que podemos deixar entre os povos do mundo.


4 - Por favor é uma palavra mágica

Assim como diz a música da Eliana (rsrs), por favor é uma palavrinha mágica. E não importa em qual língua. Se alguém diz "please" para você no começo ou final de uma frase, pode ter certeza de que ela está precisando de sua compreensão ou ajuda.

Para essa dica a Cleo lembrou-se de uma situação em que ela estava na fila de um brinquedo em Orlando. Uma criança chegou perto, falou algo em inglês apontando para a frente e falou "please". Ela entendeu então que o menino precisava passar à sua frente na fila para encontrar a família mais adiante. Diante do comportamento educado do menino, Cleo cedeu a passagem prontamente.



5 - O mundo é um lugar bom:

Ao contrário do que os veículos de imprensa mostram, o mundo é um lugar bom. Para cada desastre ou acidente, há sempre aquelas pessoas que ajudam, que se doam para fazer a diferença e auxiliar quem precisa.

Para cada atentado terrorista, há pessoas que se esforçam em respeitar as diferenças de cada um e a ser conciliadores. Para cada bandido que assalta uma pessoa, há muito mais cidadãos de bem que seguem as leis.

Pessoas boas e prestativas estão em todos os lugares, não importa o que as notícias falem sobre o mundo.


6 - Fugir da rotina e aproveitar as mordomias:

Como nem tudo são ensinamentos edificantes, uma coisa que nossa filha aprendeu é que se hospedar em um hotel com pessoas para lhe "paparicar" e não precisar arrumar a cama todo dia faz parte da diversão de se viajar!

Jogar-se em uma piscina, sem preocupações e sem horários rígidos. Tem coisa melhor que isso?




7 - Diversidade:

Há muitos lugares interessantes nesse mundão! Com pessoas que agem e pensam diferente da gente. Nem por isso, e muito pelo contrário, devemos deixar de aproveitar cada minuto de nossa viagem e separar um tempo para aprender um pouco mais de cada cultura.

Tratar a todos com respeito e atenção. Em tempos de intolerância e preconceito, talvez este seja o ensinamento mais importante de todos.




8 - Qualquer viagem é boa:


Uma viagem curta para uma cidade que fica a apenas uma hora de carro. Dirigir seis horas para conhecer outro estado. Viajar dez horas para chegar em um outro país. Não importa para onde se vai. Viajar é sempre uma experiência divertida, enriquecedora e relaxante.


9 - Pessoas lutam para sobreviver em qualquer lugar:

Há pessoas menos favorecidas e que têm de trabalhar muito para manter uma família mesmo em lugares com riqueza, atrações e hotéis luxuosos. Para cada bairro de pessoas ricas, há outro com casas mais humildes e cenários menos glamurosos.

Sempre que se está em viagem em um local em que tudo é bonito, é bom ter a oportunidade de passar por um bairro mais modesto, com pessoas dignas que trabalham duro para sobreviver. Devemos ter compaixão e respeito por estas pessoas.

Quando estivemos em Clearwater Beach, na Flórida, nos maravilhamos com a linda praia, ótimos restaurantes, diversão à beira mar e infraestrutura impecável. Em busca de um Walmart, acabamos dirigindo por um bairro humilde, com casas pequenas e mal conservadas. E aproveitamos para mostrar à Cleo esta outra realidade, tão próxima.


10 - Dividir as lembranças com amigos e família é muito divertido.

Chegar de viagem animados, gratos e felizes por termos vivenciado tantas aventuras e momentos marcantes. Marcar encontros com a família e amigos. Contar atividades divertidas, "micos" que pagamos e dificuldades inesperadas que enfrentamos e das quais saímos vitoriosos.

Encontrar as pessoas mais queridas por nós no retorno de uma viagem é muito prazeroso. Até mesmo voltar à rotina pode ser divertido! E dividir tudo que aproveitamos na viagem aumenta a nossa auto-estima de ter desbravado este mundão.



São muitas as oportunidades de se aprender boas lições em viagens. Esperamos que a Cleo continue acumulando conhecimentos e sensações durante sua jornada pela vida. E que venham muitas outras "aulas", quer dizer, experiências que a tornem um ser humano cada vez melhor.

---------------------

Você já aprendeu que blogagem coletiva é quando vários blogueiros se reúnem para falar de um mesmo tema previamente combinado e cada um coloca no fim do seu texto o link para as histórias dos colegas.

Agora os textos dos nossos outros colegas sobre o que seus filhos aprenderam viajando (mais textos vão sendo inseridos ao longo dos dias):

1 - Viagens que Sonhamos

2- Felipe, o pequeno viajante

3- Malas e malinhas

4 - As Passeadeiras

5 - Do RS para o Mundo

6 - Família Viagem

7- Viagem Simplesmente

8- TripBaby

9- Ases a Bordo

10 - Malas e Panelas

11 - Vem Pro Parque

12 - No Mundo com a Gente

13 - Trilhas e Cantos

14 - Gosto e Pronto

15- Valentina na estrada

16- Retrip Viagens e Experiências

17 - Wanna Disney Pelo Mundo

19 - Com Filhos por aí!

20 - Cuore Curioso

21- Andreza Dica e Indica Disney 

22 - Viajo com Filhos (Fernanda Ávila)

23 - Por aí com os Pires

24 - Vida de Viajete

25 - Cantinho de Ná

26. Viajo com Filhos (Patrícia Papp)

27. Carregando Malinhas

28. De Primeira Viagem

29. Roteiro Renatours

30. Ferinhas Viajantes

31. Os Caminhantes

32- Dicas da Rege

33 - Viajando em Família

34 - Pequenos pelo mundo

35 - Passeiorama

36. O Rei do Hotel

37. Vou Viajar


E confira também aqui todas as blogagens coletivas das quais já participamos.

-------------------------

Planejando suas férias? 

Reserve sua viagem com a gente e pague TUDO em até 10 vezes sem juros. Acesse o formulário de contato do blog ou envie e-mail a paraadisney@gmail.com.

Se preferir fazer sua reserva por conta própria, acesse o Booking clicando no link abaixo! Nós receberemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso, e estará ajudando a manter o blog!


Procurando passagem aérea mais barata? Entre no Voopter clicando no link abaixo! Ele pesquisa as principais companhias aéreas para que você possa comprar sua passagem com o melhor preço! Nós receberemos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso, e estará ajudando a manter o blog!


Pensando em alugar um carro? Reserve pela Rentalcars clicando no link abaixo. A Rentalcars pesquisa os melhores preços nas melhores operadoras. Alugando por aqui nós recebemos uma comissão mas você não paga nada a mais por isso e estará ajudando a manter o blog.

Compre seus ingressos para as atrações e parques com a gente! Você paga parcelado em reais e já sai do Brasil com os ingressos em mãos, evitando assim as filas das bilheterias. Solicite uma cotação!
Para entender os diferentes tipos de ingressos para os parques de Orlando, veja este post


30 comentários:

  1. Com certeza a parte da programação, antes de viajar, e na volta, compartilhar os conhecimentos e lembranças, são as melhores maneiras de tornar a viagem mais longa. Nós curtimos demais!

    Beijão para vocês,
    Fran @ViagensqueSonhamos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fran! Realmente, tornar a viagem mais longa é sempre nosso objetivo quando voltamos, não é? :) Obrigado! bjs!

      Excluir
  2. gostei da parte sobre SER EDUCADA, colocar em prática a educação que aprenderam, como por exemplo o POR FAVOR. Muito bem colocado isso. Parabéns pelo post!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! A gente nem sempre consegue, mas estamos sendo tentando! :) Obrigado!!

      Excluir
  3. Nossa lista tem coisas bem parecidas, mas muito bem lembrada a parte de que o mundo tem muita gente boa! Com a correria e os noticiários a gente acaba esquecendo desse detalhe... bom lembrar disso! Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Guaraciara, esse é um esforço diário que fazemos! Não dá para viver sendo bombardeados com notícias negativas. Do contrário, seria desistir. Muito obrigado pelo comentário! bjs!

      Excluir
  4. Carlos e Izabel, adorei a abordagem de vocês no post! Conhecendo um pouquinho a Cleo, imagino a lady em que ela se transforma em uma viagem, falando inglês...
    :-) Tudo isso é tão rico, né? Um beijo com saudades!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha Renata! A Cleo realmente incorpora essa lady... :) Mas olha quem fala! O Dudu é um lorde também! Muitas saudades! Beijão!

      Excluir
  5. Isabel, amei o seu post. Destaquei esta frase 'Nossa educação é a melhor impressão que podemos deixar entre os povos do mundo" por concordar muito com ela e porque busco ensinar isso à Valentina. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Andra! A gente sempre tem que deixar algo positivo, não é? Que bom que se inspirou e gostou do post! Obrigado!

      Excluir
  6. Sério, eu adorei TUDO que você disse! Principalmente a parte sobre como o mundo é um lugar bom! Ficamos às vezes tão perdidos e imersos nas coisas negativas, que somente lidar com pessoas boas e generosas nos faz relembrar que ainda há esperanças! beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Aline!! Essa lição a gente procura sempre manter viva! Vamos juntos melhorar esse mundo com nossos pensamentos e ações positivos!! beijos e obrigado!

      Excluir
  7. Qualquer viagem é boa mesmo. Costumo dizer que : pegou a escova de dentes, já pode anotar que é viagem. Rsrsr . Parabéns post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha, muito boa essa Susana! É verdade, um gesto simples como esse já detona toda uma programação de viagme! :) Beijos e obrigado!

      Excluir
  8. Aproveitar as mordomias é uma coisa que a gente aprende fácil, fácil, né? hahaha
    Bjokas,
    Claudia@pequenoviajante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Claudia! Mordomia é muito fácil de se acostumar mesmo! Mas olha que nas suas viagens você é campeã de se adaptar, não é? Parabéns por tudo! Seu post está sensacional!!! beijos e obrigado.

      Excluir
  9. A Cleo com certeza vivenciará muitas lições. Adorei o post. Parabéns, Su.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Suzana! Toda viagem rende vários aprendizados. Um abraço!

      Excluir
  10. Adorei as lições ensinadas à Cleo! Achei muito importante a criança se adaptar a cultura e costumes do local! Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ana Paula! Que bom que gostou! Obrigado pelo comentário!

      Excluir
  11. Isabel e Carlos, adorei a educação e os valores que vocês citaram e principalmente aplicam em casa e passam para a Cleo!
    Isso com certeza será um diferencial no seu aprendizado e na sua formação! Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá pessoal dos Caminhantes! Obrigado pelos elogios e pelo apoio! Vamos todos juntos nessa missão de educar as novas gerações! Abraços!

      Excluir
  12. Curti muito o post!
    A parte das mordomias é uma lição que nem precisa fazer muita força pra gente aprender ne´? Quem não gosta de um mimo?
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, Simone! É muito fácil se acostumar com o que é bom! :) Que bom que gostou! Abraços!

      Excluir
  13. Adorei seu post, a visão positiva que você passa que, com certeza, vai acompanhar a Cleo para sempre. É uma menina linda e já uma grande viajante. :-)

    Beijo,

    Claudia
    @AsPasseadeiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Claudia! Essa visão positiva é um lembrete que devemos ter todos os dias! Muito obrigado pelos elogios!! Tudo de bom para vocês também!

      Excluir
  14. Carlos, Adorei o post, os aprendizados e achei sua filha linda! Concordo com tudo e assino em baixo. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, que bom que gostou!! Nossos filhos agradecem! :)

      Excluir
  15. Isabel e carlos, muito bom transmitir para nossos pequenos que o mudo é um lugar bom. Com tantas notícias ruins, temos sempre que reforçar que isso é um minoria e que o mundo está recheado de pessoas incríveis. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Patrícia, essa é uma preocupação nossa! Obrigado por partilhar dessa crença! :) abraços!

      Excluir