quarta-feira, 30 de abril de 2014

Descobrindo Los Angeles - Parte 2: Calçada da Fama e Sunset Strip

Dando sequência à série Descobrindo Los Angeles, contamos hoje que, logo na manhã do segundo dia, fomos para a Hollywood Boulevard literalmente ver as estrelas! É muito bom poder sair do hotel (Days inn) e ir à pé para a Calçada da Fama. Foi só seguir pela esquerda na Sunset Boulevard e virar novamente na esquina onde existe uma filial da famosa lanchonete In n ´Out Burger.


Continue conosco nesse passeio logo abaixo!


Subimos toda a North Orange Drive. Passamos por uma ruazinha bem tranqüila, Lanewood Avenue, e também por uma escola, a Career Education Complex, com aqueles ônibus escolares amarelos estacionandos em frente.

 Só quem é fã dos Estados Unidos pode ficar relatando estes detalhes, não é? Mas vamos lá. Nós também passamos por um ponto de táxi, o que podia nos ser muito útil, já que não alugamos carro em L.A.

Quando estávamos quase atravessando para a calçada da Fama, para a parte onde fica o Teatro Chinês, começaram a chover vendedores de passeio... O que é uma chatice. Você mal pisou em Los Angeles e já é sufocado por propostas. Mas faz parte. Até aqui no Brasil é assim.

Um dos vendedores queria porque queria nos colocar naquele exato momento em um ônibus para ver as casas das celebridades. Nossa princesa de seis anos dificilmente iria se interessar por isso... A gente queria liberdade para andar. Despachamos com educação o sujeito e “fomos à luta”, não sem antes termos que nos desvencilhar de outros vendedores.

Chegando ao Teatro Chinês, foi aquela emoção. Gente para todo lado, procurando marcas de mãos e pés e as estrelas dos famosos. A do Michael Jackson era a mais disputada. Tiramos algumas fotos de estrelas, mas não muitas porque o sol não estava favorecendo, brilhava no chão e quase não dava para ler o nome dos contemplados. Por isso, aconselhamos que vá fotografar a Calçada da Fama à tarde, quando o sol já terá inclinado.




Fomos então ao Hollywood and Highland Center, um shopping aberto integrado ao Kodak Theatre, onde são realizadas as cerimônias do Oscar. Que lugar legal, e com decoração bem exagerada! Tivemos uma grande surpresa quando vimos que lá existia uma filial do Cabo Wabo, o restaurante do ex-vocalista do Van Halen, Sammy Hagar. Como era de manhã ainda, ele estava fechado, mas conseguimos tirar algumas fotos.





Em seguida, fomos para a parte da passarela do shopping de onde pode-se ver o Hollywood Sign. Lá sim, embora de longe do letreiro, nos sentimos em Hollywood! Vários turistas tiravam fotos e filmavam.



Então, descemos pelo meio do Highland, curtindo muito a vista das grandes estátuas de elefante, as várias lojas e o hotel Lowes atrás (onde chegamos a fazer cotação mas achamos que não valeria o custo/beneficio). Descemos as escadas e estávamos de novo na Hollywood Boulevard, vendo estrelas por todo o lado.

Achamos a estrela do diretor Martin Scorsese e vibramos! Ainda procuramos a da banda Kiss, mas não encontramos..). Aqui cabe um aviso, conforme você vai subindo a pé a Hollywood Boulevard em direção contrária aos pontos turísticos, ela vai ficando menos movimentada e com mais mendigos.

Não que haja nenhum  perigo concreto, mas é aconselhável não andar por ali “dando bobeira”. Como estávamos com nossa princesa, resolvemos voltar. Mas se você quiser procurar o máximo de artistas possível, as estrelas estão pela avenida inteira, dos dois lados! Ou então consulte este site onde você pode fazer uma busca ou ver uma listagem.

Decidimos embarcar no ônibus da Starline Tours (ônibus turístico de dois andares que percorre vários pontos da cidade) para curtir um pouco de Los Angeles sem ficar perdidos. Foi uma ótima decisão porque havia uma narração em português e essa foi uma das maiores vantagens que vimos em não termos alugado carro.

Esses passeios eram como um city tour, já que iam sendo contadas várias curiosidades sobre os locais.  Sem falar que ver Hard Rock Cafe, Teatro Chinês e o museu de cera Madame Tussaud de cima é bem legal!


O ônibus sai da Hollywood Boulevard, vira na La Brea e segue pela Sunset Boulevard. As paisagens urbanas passavam como em um videoclipe de banda de rock dos anos 80! A Sunset Strip com seus outdoors e cartazes. O Laugh Factory e o Comedy Store onde vários comediantes famosos como Dan Aykroid e Jim Carrey começaram sua carreira.



Vimos também o Chateau Marmont, hotel das celebridades, e o Standard Hollywood, hotel que serviu de locação para a refilmagem de “Onze Homens e um Segredo”.

O tour passa também pelo bonito Andaz West Hollywood, a lanchonete Carney´s Express (que serviu de locação para “Superman 2”), o House of Blues (rede de lanchonetes sobre a qual já falamos no blog), o Mel´s Drive In e o Whisky a Go Go, o templo supremo do rock onde o The Doors fez shows de arrasar!



Eram muitas visões emocionantes para quem é fã de cultura pop! Mas a emoção não parou ali. O roteiro do Starline Tours terminou a visita à Sunset Strip e foi em direção ao luxo, ao glamour e à fama de Beverly Hills.

Essa parte da viagem você confere no próximo post dessa série!

2 comentários:

  1. Parabens pelo blog !!! Estou adorando e na espera dos novos passos...


    Devo ir agora em novembro em dois casal, qual parques voce indica para conhecer ?



    obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado!!! Olá! Estávamos com uma crianca por isso priorizamos os parques mais infantis, que são, principalmente a Disneyland e Legoland, e também o Disney California Adventure.
      Mas como vocês estao indo só com adultos, podem ir também ao Six Flags e ao Sea World San Diego.
      Fomos ainda ao Universal Studios, que inclusive para criança não tem muitas coisas. Esse também é mais legal pra adultos, principalmente fãs de cinema.
      O Legoland é o único que não indicamos muito pra adultos, mas todos os outros são ótimos! Aqui no blog você encontra posts sobre todos esses, menos o Six Flags e Sea World.
      Continue visitando pois vamos trazer sim novas estapas da viagem a Los Angeles! Abraços!

      Excluir